Gestores clamam por conservação da Escola São Judas Tadeu

Postagem original em 16/03/2011 19:56 – por: Roberto Martins

118-2
Derivaldo Pinto e Márcio Jambeiro discursaram contra a depredação

Os discursos contra a depredação do patrimônio público foram a tônica na aula inaugural da Escola São Judas Tadeu, nesta segunda, 14, em Irará. O evento aconteceu no auditório da Escola, na presença de pais, alunos, professores e pessoas da comunidade.

A primeira a falar foi da Diretora da Escola, Professora Ângela Flores. A diretora saudou os presentes e falou da satisfação em recebê-los neste início de ano letivo. Na seqüência, fizeram uso da palavra o Secretário de Educação Cultura e Esporte, Márcio Jambeiro e o Prefeito, Derivaldo Pinto.

Secretário

Márcio Jambeiro falou da atenção especial que a Escola São Judas merece e justificou apresentando dados da escola de “quase dois mil alunos”. Depois, ele abordou o processo de reforma sofrido pela escola. O Secretário disse que foram investidos cerca de R$ 950 mil nesta primeira etapa.

Na seqüência, Márcio Jambeiro informou que futuramente o São Judas receberá mais uma etapa da reforma para fazer serviços que não puderam ser feito desta vez. Foram citadas a troca do piso e a colocação de forro nos outros pavilhões, visto que só o primeiro recebeu esta melhoria.

Toda a fala do Secretário foi pautada por apelos aos alunos para não depredarem o patrimônio do São Judas. Ele disse que os investimentos na Escola estão acontecendo e por isso é preciso cuidar. Jambeiro terminou o seu discurso com um apelo: “nos ajude porque a gente não vai conseguir sozinho”.

Prefeito

A fala do Prefeito Derivaldo Pinto deu destaque para os pedidos de conservação da Escola. O Prefeito lembrou que “educação começa em casa” e que “escola é local de educação e não de destruição”. O Prefeito disse que a cada início de ano letivo o município precisa consertar mil carteiras escolares, o que para ele “é inadmissível”.

Derivaldo Pinto ainda disse lamentar o fato, mas que, na tentativa de tentar coibir a depredação das carteiras escolares, a partir de agora “o aluno que quebrar a conta vai para o pai e o aluno será suspenso”, disse.

O Prefeito seguiu fazendo uma apresentação de slides, nos quais mostrava alguns números da reforma da Escola São Judas e ações na educação do município, como transportes e merenda escolar.

Na oportunidade o Prefeito anunciou que também serão reformadas outras seis Escolas. São elas: Maria Bacelar (Faz. Trindade); Mário Campos (Bento Simões); Cel. Balbino Felix (Caroba); Felipa Cerqueira (Saco do Capim) e Santo Antônio de Pádua (Santo Antônio).

Ambiente

Com a reforma a Escola São Judas ganhou revestimento em piso até o meio da parede em todo o interior da escola, grades nas janelas das salas, forro no primeiro pavilhão, reforma dos banheiros e aquisição de mobiliário (945 carteiras e 242 mesas).

Também foi reformada toda a parte hidráulica e elétrica da escola, visto que, segundo disse o Prefeito, ano passado ocorreu um incêndio em um dos pavilhões do São Judas, devido as condições ruins das instalações.

Na área, a escola ganhou jardins decorativos. Outra mudança estrutural também foi no palco. As portas, que davam para os banheiros (que eram improvisados como “camarins”), foram fechadas e uma passagem lateral foi aberta para o lado descoberto.

Após assistirem a primeira aula do dia e ficarem sem aula durante a solenidade, a quase totalidade dos estudantes não parecia preocupada com as falas. Nos corredores e área da escola eles brincavam, passeavam e conversavam. Tanto que o barulho atrapalhava a fala dos oradores do dia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s