Tom Zé lota Concha Acústica no dia do seu aniversário

Postagem original em 16/10/2011 11:45 –
Filho ilustre de Irará cantou, pulou e improvisou no palco, ao lado de uma multidão de velhos e novos fãs

Lívia Rangel | Redação Ibahia

Quem compareceu à primeira noite de shows do Festival No Ar Coquetel Molotov 2011, nesta terça-feira(11), vai levar consigo uma bela lembrança na memória. A animada plateia, que curtiu shows de bandas como Guillemots (Uk), Mombojó (PE) e Retrofoguetes (BA), pôde ainda dar os parabéns e celebrar a existência de uma das mais importantes personalidades da música brasileira, Tom Zé.

Completando 75 anos – e em plena forma física -, o filho mais ilustre de Irará cantou, pulou e improvisou no palco, ao lado de uma multidão de velhos e novos fãs, em uma grande festa com direito a bolo e presentes no palco e uma lua cheia iluminando a arena do alto do céu de Salvador. O clima não podia ser mais agradável.

Durante a apresentação, o cantor levou ao palco os seus discos de carreira em vinil e destacou o álbum ‘Estudando o Pagode’. “Não tem uma deputada querendo aprovar um projeto que discute essas letras que denigrem a imagem da mulher? Pois, então, neste disco eu já falava sobre isso, sobre as mulheres”.

Se nos três primeiros shows da noite o público foi chegando aos poucos, por volta das 21h, quando o mestre de cerimônias do Festival anunciou o início da apresentação de Tom Zé, a Concha Acústica estava tomada por uma plateia eufórica, à espera do ídolo tropicalista.

E ele não desapontou, “Tonzinho”, como é chamado por amigos e parceiros como Sérgio Dias, dos Mutantes, estava inspirado e emplacou um sucesso atrás do outro, para alegria geral da nação. Entre os hits, cantados em coro, estava a apoteótica ‘Vá Tomar’, ‘Ogodô, Ano 2000’ e ‘Xique Xique’.

Um dos momentos mais inusitados, foi quando o artista recebeu no palco um bolo e um bouquet de flores brancas de presente dos companheiros de banda e o público começou a cantar: “É vatapá, é caruru, ô Tom Zé eu vou comer seu bolo”. A homenagem em tom de brincadeira, deixou surpreso e agradou o aniversariante, dando um ar ainda mais especial à noite.

Faltando 7 minutos para acabar o horário permitido de realização do evento, Tom e o público, totalmente conquistado pelo carisma do cantor e compositor, improvisou, pulou, sorriu e sob aplausos anunciou que, ao final, iria autografar os discos e DVDs – à venda em uma banca montada ao lado esquerdo do palco -, em um gesto de carinho aos amigos presentes na sua festa de aniversário.

Notícia do Correio 24 Horas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s