Cosmo é o campeão do Iraraense de Futebol 2011

Postagem original em 13/12/2011 19:40 – por: Roberto Martins

278-2
Time venceu a final contra o Santos por 01 x 00

O Cosmo do Barnabé sagrou-se campeão do Campeonato Iraraense de Futebol na tarde de domingo, 11, em Irará. A partida final aconteceu no Estádio Municipal Alberto Santana (Irarasinho), onde o Cosmo enfrentou o Santos (Matias).

O placar do jogo foi de 01 x 00 para o Cosmo, com um gol de pênalti. O Cosmo converteu a penalidade e o placar não foi mais alterado até o fim da partida. Após o apito final do juiz, a torcida do time do Bernabé comemorava muito e provocava o adversário. “Matias cadê você? Eu vi aqui só para te ver”, cantavam os torcedores.

Visivelmente chateado, Matias parecia não se incomodar muito com os torcedores, mas sim com o resultado da partida. Para ele, o lance do pênalti foi “bola na mão” e não “mão na bola”. “A mão do jogador estava colado no corpo dele”, protestou.

36-3

Premiação

A equipe do Cosmo recebeu o prêmio de R$ 3 mil da Liga Iraraense de Futebol, pela conquista do título. Já o time do Santos, vice-campeão, ficou com R$ 1,5 mil.

Segundo explicou o Professor César Pinheiro, Presidente da Liga Iraraense de Futebol – LIF e Diretor de Esportes do Município, os prêmios resultaram das taxas de inscrições dos 23 times, pouco mais de R$ 200,00 cada, que junto com o apoio da prefeitura e de comerciantes locais custearam as despesas do campeonato.

Os troféus do campeão e do vice foram oferecidos pela Federação Baiana de Futebol. E os jogadores de ambas as equipes ganharam medalhas, patrocinadas pela Prefeitura.

Além do campeão e do vice, também foram premiados com troféus o artilheiro e o goleiro menos vazado. O artilheiro foi Cleiton Freitas (keo) do Cajufla, com sei gols em toda a competição. O goleiro menos vazado foi Magno Lima (Magnata) do Cosmo, com apenas um gol sofrido no campeonato inteiro.

33-3

Sem microfone

Por ordens do prefeito, Derivaldo Pinto, o portão foi aberto para torcida entrar e acompanhar a premiação mais de perto. O chefe do poder executivo municipal estava bem à vontade de bermuda e sandália de dedo. Enquanto fazia o seu pronunciamento, o prefeito foi abordado por alguém questionando o fato do estádio municipal não ter arquibancadas.

Derivaldo aproveitou o momento para dizer que aquela era uma reivindicação antiga da população iraraense e que ele e sua equipe tem lutado junto aos órgãos superiores para conseguir resolver. “Já estive reunido até com o Ministro dos Esportes”, disse.

O prefeito também se desculpou por falar sem microfone. “O rapaz do carro-de-som contratado estava aqui e foi embora sem se justificar”, explicou o prefeito, dizendo que tentou ligar para a pessoa várias vezes e não conseguiu resposta.

A falta de microfone não foi a único problema estrutural da cerimônia de premiação. Entre outros, via-se também a precariedade da mesa, que serviu de suporte para os troféus e medalhas. O móvel era sustentado por um pedaço de tronco de coqueiro.

31-3

Volta Olímpica

Ao receber o troféu de campeão e já com as medalhas no peito, os jogadores do Cosmos saíram comemorando. O capitão do time foi levantado com o troféu e o cheque simbólico nas mãos, aos gritos de “é cam-pe-ão!; é cam-pe-ão!; é cam-pe-ão!”. Depois, uma breve volta olímpica foi feita no campo.

A torcida também cantava o orgulho de ser da zona rural e de ter vencido uma competição com 23 equipes de diversas partes do município, com quase quatro meses de jogos disputados.

37-3

 

34-3

35-1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s