“Povo Negro não foi escravo, foi escravizado”, diz Margareth

Postagem original em 08/02/2012 12:05 – por: Roberto Martins
Artista cantou sucessos de sua carreira e até lambadas

Margareth Menezes, artista do afro pop baiano, se apresentou dentro da programação dos Festejos Populares de Irará, no sábado, 28. O show de Margareth foi menos agitado do que a sua apresentação de 2009, o que não quer dizer que não foi bom.

O repertório da artista continha sucessos de sua carreira como “Toté de Maingá” e “Dandalunda”, além de cantar vários samba-reggaes, que foram sucesso nos anos 1980, a exemplo de “Faraó”. No show ainda teve espaço para algumas lambadas.

Tão forte como suas músicas foram as mensagens transmitidas por Margareth durante o show. Ele chamou a atenção para a violência da segurança da festa e teceu considerações sobre a população de ascendência africana. “O povo negro não foi escravo, foi escravizado. O que é bem diferente”, sentenciou a cantora.

Veja vídeo de Margareth avisando que viria para Irará

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s