Evento homenageia Alfredo da Luz

Postagem original em 25/01/2012 10:05 – por: Roberto Martins

304-2

Mesa reúne filhos presentes

Viva Irará e PMI foram parceiros na organização

O Movimento Cultural Viva Irará e a Prefeitura Municipal de Irará, através do Departamento Municipal de Cultura, organizaram a cerimônia de homenagem a Alfredo da Luz. O evento aconteceu no Casarão dos Santana, à Rua Pedro de Lima, no centro da cidade, na noite desta segunda, 23. Alfredo é o homenageado dos Festejos Populares de Irará em 2012.

A viúva de Alfredo, Dona Alice, estava presente. Ela foi acompanhada da quase totalidade dos onze filhos do homenageado. Gigi e Nívia tiveram as suas ausências justificadas pela irmã poeta, Nadia Cerqueira. Já a memória de D. Neusa, filha de Alfredo já falecida, foi representada por sua filha Márcia.

Na sala de entrada do Casarão foi montada uma pequena mostra de fotos e alguns objetos pertencentes ao homenageado. Entre eles, estava o costumeiro chapéu e um ferro de solda, o qual era utilizado por Alfredo em seu trabalho como eletricista.

61-3

Blackout

Pouco antes do inicio das falas, um inesperado blackout deixou o quintal do Casarão dos Santana sem iluminação. Logo, não faltou quem fizesse a brincadeira de que deveria se chamar Alfredo para consertar.

Ironia do destino ou não, a falta de energia no ambiente onde se homenageava um eletricista da prefeitura, notabilizado pelo seu gosto e brilho na música, pela confecção de um trio elétrico e formação de uma família artística, era algo para não deixar de ser notado.

Meia hora depois tudo estava resolvido. Zé Buscapé, eletricista que aprendeu o ofício com Alfredo, estava lá e trabalhou pela volta da luminosidade do ambiente.

57-3

Vídeo

Após a solução do problema da energia e a execução de alguns números musicais por parte da Filarmônica 25 de Dezembro, Dilma Leão, do Viva Irará, abriu a cerimônia. Depois falou o Prefeito Derivaldo Pinto e logo na seqüência foi exibido um vídeo com depoimentos de várias pessoas que conviveram com Alfredo da Luz.

Com uma música de fundo, composta pelo músico Grujó em homenagem a Alfredo, o vídeo com cerca de trinta minutos, exibiu os depoimentos de: Nalú (filha), Darci Pinho, Jilú, Hilda (D. Dida) e Ligia Azevedo (D. Lieta), Zé Nogueira, Zé Buscapé, Luiza do Bar, Toinho de Água Fria, Grujó, Sardão, Alfredinho Cruz, Pedro Silva, Núbio, João Lopes e D. Alice (viúva).

Todos tinham uma lembrança, um fato, uma memória, uma descrição para fazer do homenageado. O momento do vídeo que mais descontraiu o público foi quando Zé Buscapé contou como a situação na qual o Trio Irajá foi protagonista da primeira cena de top-less no carnaval de Salvador.

60-3

Quadros

O artista plástico João Martins fez um desenho de Alfredo, retratando-o ainda jovem, tocando tambor. A imagem serve de inspiração para a decoração dos Festejos de Irará 2012, além de também ser reproduzida em camisas do evento.

João ofereceu a tela original para a viúva de Alfredo, D. Alice. O artista ainda reservou onze reproduções da tela e ofereceu uma para cada um dos filhos e filhas de Alfredo.

Após a entrega dos quadros a filarmônica executou mais dois números e encerrou a sua participação. Neste momento o público presente teve o privilegio de acompanhar uma jam session. Nivaldo Cerqueira no violão, Sinho Cerqueira no trompete, Pedrinho e Grujó na percussão.

56-3

 

Alguns objetos de Alfredo da Luz

 

 

 

58-3

Filarmônica 25 de Dezembro

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s