Vereador contesta propaganda de obras no carnê do IPTU

Postagem original em 27/03/2012 11:15 – por: Roberto Martins

352-2 (1)
Para Ubiratan Reis imposto não cobre benfeitorias anunciadas

No expediente da palavra franqueada da sessão de terça, 20, o vereador Ubiratan Reis (PC do B) criticou as imagens ilustrativas do carnê do IPTU 2012 de Irará. O vereador disse que a frase da capa, cujo enunciado diz “você paga, o governo faz mais”, não condiz com a realidade.

Ubiratan citou obras propagandeadas no carnê e começou a descrever de onde teriam vindo os recursos: “Reforma da Praça – Governo do Estado; Prédio do INSS – Governo Federal; PSF do Santo Antônio – Governo do Estado; Quadra de Bento Simões – Governo do Estado; Escola de Zelito – Salário Educação”.

O vereador também criticou a foto da rodovia BA 504, tendo como legenda “nova entrada da cidade”. “Alí é a rodovia e não o que estão chamando de ‘nova a entrada da cidade’” disse o vereador. Ele ainda argumentou da falta de conclusão da referida obra, ligando a Av. Pedro Nolasco de Pinho à rodovia, pelo fato de existir um trecho sem pavimentação entre as duas vias.

Defesas

Em defesa do governo municipal falaram os vereadores Genival Pinho (PP) e Cristiano da Costa – Eletroguisso (PP).

Cristiano disse que a recuperação da rodovia BA 504 também foi uma obra trazida pelo governo municipal. Ele também informou que já foi feito requerimento para obras de melhorias na Av. Elisio Santana, onde, conforme apontou o vereador Ubiratan, as vias estão às escuras e as árvores não estão recebendo poda.

O vereador Genival falou que todas as obras realizadas têm contra partida financeira do município. “O IPTU é pra essas coisas”, disse.

Quanto à critica da inauguração da Escola São Jorge, ainda sem o portão, o vereador argumentou dizendo ter sido necessário, pois as aulas não poderiam ficar atrasadas, o que seria ruim para os alunos e geraria críticas do próprio Ubiratan.

Genival finalizou seus argumentos falando para Ubiratan que críticas não dão votos. “Se crítica desse voto, vereador, Elesbão tinha sido eleito, não entraria pela falha do colega”, disse o vereador.

Sobre Ex-vereador Elesbão:

De perfil oposicionista crítico e combativo, o ex-vereador Elesbão Pinto Neto foi eleito vereador em dois mandados.

No primeiro (2001-2004), fez oposição ao governo de Amaro Bispo. No segundo (2005-2008), rompeu com o grupo político de Juscelino Souza, já no primeiro ano de mandato, se opondo ao governo do mesmo.

Nas eleições de 2008, o ex-vereador Elesbão não foi eleito, ficando na primeira suplência de sua coligação.

No inicio de 2010 ele assumiu a vaga do vereador Carlos César Barreto – Cesinha (então no PTN), afastado da Câmara, após denuncias de corrupção em sua gestão à frente da Casa. Depois, com problemas de saúde o vereador Elesbão se afastou da Câmara.

A vaga que ficou com o suplente imediato, Nadinho de Cotinho (então no PSDC). Nadinho exerceu a função por cerca de um mês, até que o vereador Carlos César conseguiu recuperar seu mandato na justiça.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s