Municípios da Comarca são contempladas pelo Minha Casa Minha Vida 2

Postagem original em 17/04/2012 23:10 – por: Roberto Martins

 

Irará, Água Fria, Ouriçangas, Pedrão e Santanópolis estão dentro dos critérios de seleção

Os cinco municípios que compõem a Comarca de Irará foram contemplados pela segunda fase do programa habitacional do governo federal, Minha Casa Minha vida. Além de Irará, município sede, também estão listados os municípios de Água Fria, Ouriçangas, Pedrão e Santanópolis.

Na Bahia, o Minha Casa Minha Vida 2 vai contemplar 340 com limite de 50 mil habitantes. A meta do programa é construir 14.710 moradias na Bahia, sendo que cada uma destas cidades receberá 40 ou 50 unidades habitacionais.

Para participarem desta nova etapa, as prefeituras de todo o país mandaram os projetos para justificar o pedido das habitações nas suas cidades.

Linha de pobreza

Segundo informações do Ministério das Cidades, o critério que orientou a escolha dos municípios foi o nível de pobreza. Na Bahia, das 340 cidades contempladas, 99 estão abaixo da linha da pobreza, ou seja 29%. Isso significa que nestes municípios mais de 30% da população tem renda inferior a R$ 70 mensais.

Todos os municípios da Comarca são facilmente enquadrados nesta categoria, com índice médio de 34% da população em condições abaixo da linha de indigência (veja tabela abaixo).

Município

Proporção da população abaixoda linha de indigência

Proporção da população entre alinha de indigência e a linha dapobreza

Irará

30,4%

28,4%

Água Fria

41,6%

25,9%

Ouriçangas

29,6%

29,9%

Pedrão

35,9%

28%

Santanópolis

33,6%

27,7%

 Fonte: Portal ODM – Objetivos do Milênio
Estado

A partir de agora, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Estado (Sedur) começa a gerenciar, junto com as prefeituras, os procedimentos iniciais para a execução das obras.

Segundo a assessora de Relações Institucionais da Sedur, Adélia Andrade, o governo do Estado vai financiar 104 dos 340 municípios. A assessora comenta que os municípios foram escolhidos de acordo com o déficit habitacional, posição abaixo da linha da pobreza e pelas demandas já pleiteadas pelas comunidades.

Quem fará a seleção destas famílias será a prefeitura de cada cidade. A partir desta lista, o governo do Estado submeterá estes beneficiários ao cadastro nacional, caso haja alguma denúncia.

A previsão de Adélia é que até junho deste ano as obras do Minha Casa, Minha Vida 2, que atendem estes municípios com menos de 50 mil habitantes, comecem no estado.

Noticia produzida com informações de noticia de Luciana Rebouças do Correio 24Horas – Veja a notícia original com relação de todas as cidades contempladas na Bahia – Clique Aqui

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s