Beroso é absolvido de acusação no caso Robertinho

Postagem original em 10/05/2012 18:35 – por: Roberto Martins

Defesa argumentou falta de provas consistentes no inquérito
Rogério de Jesus, conhecido como Beroso, foi absolvido de condenação no caso do assassinato de Roberto Santana de Castro, conhecido como Robertinho. Ele foi um dos acusados pelo crime ocorrido em 28 de novembro de 2004, no loteamento Lagoa Mar, em Irará, local onde a vítima residia.

A acusação foi feita pela Promotoria Pública, tendo como titular o Promotor Audo Rodrigues da Silva. O promotor acusou com base no inquérito do caso, produzido pela Delegacia de Polícia local.

O réu teve como defensores o advogado João de Melo Cruz e seu assistente, Ricardo Pombal. Segundo os argumentos da defesa, o inquérito que incriminava Beroso era mal feito e não tinha consistência, pois faltavam provas materiais e era baseado em depoimentos contraditórios.

O julgamento foi iniciado ainda pela manhã, de terça, 08, e só foi encerrado à noite, por volta das 20h. Após a votação dos jurados, o Juiz, Fabio Falcão Santos, que presidia a Sessão proferiu a sentença, votada pelo Júri, que foi favorável a absolvição de Beroso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s