Prefeito exonera nomes do PMDB

Postagem original 25/05/2012 19:00 – por: Roberto Martins

395-2

Fato aconteceu após publicação de entrevista do ex-ministro João Santana

Foi publicado no Diário Oficial do Município, de terça-feira, 15, as exonerações de Josafá Ferreira (Assessor II) e Paulo Dantas (Secretário), ambos da Secretária Municipal de Infraestrutura.

Josafá estava no exercício da função. Já Paulo Dantas, estava retornado para a função de Secretário após terminar um período de licença para tratamento médico. Com a exoneração de Paulo, a Infraestruta do município segue sob a responsabilidade do Secretario de Agricultura e Meio Ambiente, João Neto. Ele responde pela pasta desde setembro de 2011.

Entrevista

Os dois nomes exonerados são ligados ao PMDB (Partido do Movimento Democrático do Brasil) local e, coincidência ou não, tiveram suas exonerações decretadas dias após a publicação de uma entrevista de João Santana, líder maior do partido na cidade, para A Gazeta de Irará (veja pag. 06 e 07 do Caderno 03).

Na entrevista, o ex-ministro, que já teve o nome anunciado como pré-candidato a prefeito, afirmou ter colocado cerca de R$ 3,8 milhões no orçamento da União, para o “esgotamento sanitário de Irará”. A cidade não recebeu estes recursos, segundo o ex-ministro, porque o “atual gestor” não enviou projeto nem compareceu à Funasa (Fundação Nacional de Saúde).

Divórcio

O PMDB foi um dos partidos integrantes da aliança que elegeu o prefeito Derivaldo, hoje no PT (Partido dos Trabalhadores), em 2008. A campanha do então candidato pelo PSB (Partido Socialista Brasileiro) focalizava muito a sua união com o então Ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima (PMDB), e mais o então presidente Lula e o governador Wagner, ambos do PT.

A aliança local deu fortes sinais de estremecimento nas eleições de 2010. Naquela época Wagner e Geddel já não eram mais aliados no plano político estadual. Na oportunidade, Derivaldo não apoiou nenhum candidato do PMDB. Apesar da cisão aparente desde aquela época, os cargos pmdebistas no governo municipal permaneceram até a data deste decreto de exoneração.

Exonerados

Josafa Fereira, atualmente filiado ao PMDB local, já foi presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e vereador no município em dois mandatos (2001-2004 e 2005-2008), pelo Partido dos Trabalhadores (PT).

Paulo Dantas foi chefe de gabinete no governo de Antônio Campos (1997-2000). Antes de fazer parte do governo Derivaldo, Paulo trabalhou na Secretaria de Serviços Públicos da Prefeitura de Salvador, a convite de João Santana que foi titular da pasta nos primeiros anos da segunda gestão do prefeito João Henrique.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s