Gil do Jornal atua como jornaleiro em Irará

Para ele “o fiado” foi o maior problema 

Postagem original em 05-10-2013 15h36m

 

740-2
Gil é o “homem do jornal” em Irará

De domingo a domingo, Gil segue na sua bicicleta entregando e vendendo jornal. Faça chuva ou sol, ele faz isto há 24 anos em Irará.

Gil conta que começou, em 1989, por incentivo de três primos que trabalhavam “lá dentro” do Jornal A Tarde em Salvador.

Para ele a advento da internet fez cair “um bocado” a venda de jornal. O “homem do jornal” de Irará afirma que chegava a vender cem jornais no domingo. “Agora vem quarenta e às vezes sobra uns quinze”, revela Gil.

30 de Setembro – Dia do Jornaleiro – veja matéria da Carta Capital

Gil pega os jornais, que vem de ônibus de Salvador, na Rodoviária de Irará por volta das 9h. Daí sai de bicicleta pelas ruas da cidade, subindo até a área da Av. Elísio Santana e voltando até a Praça da Purificação, fazendo um percurso de aproximadamente uns 3 km. O serviço termina por volta das 11h.

Neste trajeto, segundo narrou ao Portal Iraraense, Gil entrega jornais a oito assinantes durante a semana e mais um único assinante de sábado e domingo. Os outros jornais que vende são avulsos e clientes seus que não são assinantes diretos do jornal.

A existência de clientes maus pegadores foi a maior dificuldade que Gil diz ter encontrado nestes 24 anos. Ele diz que o fiado hoje diminuiu, mas já lhe casou grandes problemas no passado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s